Do dia que os vizinho se trancaram do lado de fora do apartamento (nós em Portugal)

Meses depois da nossa infeliz experiência, ouve essa!

Um belo dia, a campainha toca e o Daniel desce pra atender. Eis que era o vizinho da porta da frente, suado, esbaforido, despenteado e pedindo ajuda. Ele e a mulher tinham se trancado fora de casa com a chave por dentro. Ui, já vi essa cena!
O engraçado é que foi brotando menino pra ver o que era, e quem estava falando com o pai. Veio, um, veio dois, veio três e por fim, eu segurando o João ao colo. Seria engraçado não fosse a seriedade da situação. Todos eles queriam ajudar e traziam coisas mirabolantes na tentativa de ajudar o pai e o vizinho a abrirem a porta.
Resumindo, concluindo. Depois de muito esforço conseguiram abrir a porta. Foi uma felicidade!!! E nós aprendemos que não se chama o chaveiro assim "à toa". Se tenta até a exaustão... hahahahah.
Semanas depois, a vizinha toca a campainha e entrega prendas para as crianças. Kinder ovo para os meninos e essa tiara fofa de princesa para a Fernanda, em gratidão a ajuda recebida. Muito obrigada, não precisava! Brasileiros adoram ajudar.

Beijos e beijos.
Elene Lima

Comentários